Experiências que Alimentam II – a finalização de mais um Ciclo

No início do mês de julho as equipes da Umane e do Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN), celebraram o final do ciclo 2020-2023 do Projeto “Experiências que Alimentam II”. O projeto, desenvolvido na Diretoria Regional de São Miguel Paulista (São Paulo), teve como objetivo ampliar e difundir ações de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) em Centros de Educação Infantil da região.

A EAN é um campo de conhecimento e de prática que visa promover hábitos saudáveis desde o começo da vida, olhando para a alimentação de forma ampliada e transdisciplinar (conheça nove princípios que norteiam a prática de EAN). Nesse sentido, o projeto buscou ressignificar e fortalecer o trabalho já realizado nas escolas em torno da alimentação, reforçando sua amplitude, seu caráter pedagógico e sua potência para o favorecimento do desenvolvimento infantil.

O Experiências que Alimentam II discutiu aspectos práticos do trabalho em EAN, abordando a alimentação sob uma perspectiva que vai muito além do consumo de nutrientes, por meio de:

  • encontros formativos com profissionais de educação;
  • acompanhamento das famílias participantes do projeto;
  • criação de recursos pedagógicos e de um ambiente virtual.

Além do educador e do gestor, os processos formativos envolveram a participação de toda a equipe escolar. Para a equipe do CREN, a participação de toda a comunidade escolar nessa temática garante uma diversidade de pontos de vista nas discussões e favorece a corresponsabilização de todos esses atores no trabalho em EAN.

O evento de celebração, que aconteceu no escritório da Umane, foi um momento de retrospectiva dos aprendizados, das vivências e das conquistas do projeto que alcançou mais de 7.400 bebês e crianças de 50 Centros de Educação Infantil da Diretoria Regional de São Miguel Paulista.

Foram oferecidas mais de 80 horas de formação, com capacitação direta de mais de 200 educadores. Além do aumento de 66,5% na adoção de práticas de sustentabilidade nos CEIs participantes, também houve um aumento de 52% para 82% no percentual de escolas participantes que abordam o tema da EAN nos momentos formativos da unidade.

Esses números são muito importantes, especialmente porque São Miguel Paulista é um dos bairros mais vulneráveis e desiguais de São Paulo, no qual as escolas representam um papel central na garantia da segurança alimentar e nutricional de bebês e crianças.

Durante o encontro, a equipe do CREN reiterou que a formação baseou-se em conversas profundas com os profissionais de educação e todos os envolvidos, e que os materiais pedagógicos, como o “Experimonte”, foram desenvolvidos em parceria e a partir de desafios e demandas que os profissionais identificam no seu cotidiano de trabalho em EAN.

Elizabeth Feffermann, gerente de projetos do CREN, também salientou que o Experiências que Alimentam II “representou uma oportunidade e um desafio ao se propor a trabalhar a EAN direcionada aos bebês e crianças de até 4 anos incompletos, faixa etária muito pouco explorada na literatura científica deste tema.” 

Para Fabiana Mussato, coordenadora de projetos da Umane, o ciclo foi concluído de forma satisfatório e com muitos aprendizados “O Cren é uma organização altamente qualificada e essa iniciativa foi essencial para o fortalecimento da EAN e para a promoção da saúde infantil.”

O encerramento do encontro de celebração foi marcado pelo reconhecimento, de ambas as equipes, de que o apoio e parceria da UMANE foram fundamentais para a realização do projeto Experiências que Alimentam II,  possibilitando o fortalecimento do campo de Educação Alimentar e Nutricional e trazendo protagonismo para os profissionais de educação infantil também na promoção de saúde. 


SOBRE O CREN:

O CREN – Centro de Recuperação e Educação Nutricional é uma associação privada, sem fins econômicos ou lucrativos. Trata-se de um centro de referência com reconhecimento internacional na área de educação nutricional e no tratamento da má nutrição infantojuvenil, com foco na população em situação socioeconômica vulnerável.

Com a missão de enfrentar a subnutrição e a obesidade nutrindo corpo, mente e relações para o desenvolvimento integral da pessoa e da família, o CREN tem como ofício: educar, cuidar e nutrir para a vida, seguindo seus valores de retidão, respeito à pessoa, adequação à realidade, valorização do repertório e fazer com.

SOBRE A UMANE:

A Umane é uma associação civil independente, isenta e sem fins lucrativos, que administra um fundo patrimonial e apoia iniciativas no âmbito da saúde pública com o objetivo de contribuir com um sistema de saúde mais resolutivo e melhorar a qualidade de vida da população brasileira.

Em 2022, a Umane apoiou 17 projetos, realizados de forma colaborativa com 53 parceiros, entre diversos setores da saúde, da sociedade civil e poder público. Os projetos apoiados estão organizados em três programas: Atenção Integral às Condições Crônicas, Fortalecimento da Atenção Primária à Saúde como ordenadora do cuidado no SUS e Saúde Materno Infantil e Juvenil.

Relatório
Anual 2023

19
projetos apoiados
53
parceiros
13
estados + DF