Cuidando de Todos: ação inovadora na prevenção da hipertensão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Relatório de pesquisa Global Perspectives on Urban Health, da Impact on Urban Health, reconheceu a iniciativa Cuidando de Todos como ação inovadora na prevenção da hipertensão arterial em políticas públicas de saúde de grandes cidades.

O Cuidando de Todos nasceu da iniciativa Better Hearts, Better Cities, incubada pela Fundação Novartis, que é uma estratégia de gestão da saúde urbana em grandes cidades no mundo. Quem lidera a implementação do projeto é a Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Fundação Novartis e o Instituto Tellus, com apoio da Umane

O reconhecimento como política pública em São Paulo acontece quando o Cuidando de Todos completa um ciclo de três anos no município. Simultaneamente ao projeto em São Paulo, iniciativas de cidades como Nova York, Xangai, Paris e Toronto também tiveram destaque no relatório.

“Ser apresentado junto com iniciativas que transformam a saúde de metrópoles globais como Nova York, Xangai, Paris e Toronto é um importante reconhecimento, pois valida o que a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo conquistou em parceria conosco. Também reforça a importância das cidades desenvolverem formas de fortalecer a saúde da população e enfrentar as desigualdades na saúde.” destaca Johannes Boch, diretor da Fundação Novartis. 

Trabalhar  em parceria com o poder público possibilita ganhos de escala e amplia o alcance da iniciativa. Em outras palavras, permite que o impacto positivo na melhoria da saúde beneficie um número maior de pessoas.

“A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo é a grande protagonista da iniciativa. Nosso papel, assim como o dos demais parceiros, é apoiar a aceleração das estratégias e ações e, assim, impulsionar essa agenda para o avanço da saúde da população e o combate às DCNTs (doenças crônicas não transmissíveis) de forma inovadora e sustentável”, explica Yara Baxter, coordenadora de projetos da Fundação Novartis.

A iniciativa, que, a princípio chamava-se Cuidando do Seu Coração, é aplicada no território de Itaquera desde 2018. Em 2020, passou a acontecer também no território da Penha. Deu tão certo que tornou-se a política pública do município de São Paulo para o cuidado com doenças crônicas e foi uma referência para aprimorar o protocolo relacionado à hipertensão arterial da política pública de saúde da cidade de São Paulo. 

“Hoje trabalhamos junto às autoridades de saúde locais em todas as regiões do município, e estamos representados em 71 Unidades Básicas de Saúde. A abordagem cardio da Fundação Novartis e as melhores práticas globais devem sempre ser adaptadas para atender às demandas e questões específicas de cada território. Isso ocorreu em cada uma das mais de 30 soluções implementadas em São Paulo, que foram co-criadas com gestores, trabalhadores e pacientes do SUS para alcançar o máximo benefício ao sistema de saúde e à comunidade”.

Johannes Boch, Fundação Novartis

Dados de impacto

A avaliação do projeto Cuidando de Todos tem diferentes estratégias de coleta e análise de informações.

“Em 2020 foram realizadas entrevistas com todos os gestores das UBSs envolvidas, enquete online aberta aos diferentes profissionais das UBSs, rodas de conversa com os embaixadores do coração e acompanhamento de prontuários médicos em seleção de UBSs. Como resultado, os dados foram muito positivos mesmo em contexto de pandemia. Em 2020 foram quase 190 mil pessoas impactadas na Penha e Itaquera. Esse número envolve os participantes das ações de mobilização, as pessoas capacitadas, o público alcançado nas campanhas, as pressões arteriais aferidas, as parcerias estabelecidas com UBSs e as interações por app” explica Erika Lopes, especialista em avaliação da Umane. 

  • 100% dos gerentes das UBSs de Itaquera e Penha capacitados
  • ↓24,75% na taxa de hospitalização por acidente vascular cerebral (AVC) de 2017 a 2020 em Itaquera
  • ↓12,40% na taxa de hospitalização por acidente vascular cerebral (AVC) de 2019 a 2020 na Penha
  • O trabalho nos territórios de Itaquera e Penha impactaram quase 190 mil

“A pesquisa qualitativa evidenciou o reconhecimento do papel da iniciativa como transformadora da realidade das UBSs frente à prevenção do adoecimento e promoção à saúde relacionada à hipertensão. Para mais de 90% dos profissionais respondentes da enquete, o Cantinho Cuidando de Todos, instalado em todas UBSs de Itaquera e Penha, promove a auto aferição da pressão arterial e o autocuidado”, conclui.

Sobre o Cuidando de todos

O projeto atua na capacitação de profissionais das UBS, na produção de material de orientação (como protocolos simplificados) e na mobilização de agentes comunitários de saúde (que ajudam a engajar a comunidade), ao mesmo tempo que trabalha na identificação, acompanhamento e orientação de pacientes hipertensos.

Cada UBS tem um Cantinho Cuidando de Todos – um espaço montado com diversos itens para usuários e profissionais do SUS, visando ao autocuidado. Nesse sentido, o ambiente traz painéis com orientações de saúde, materiais didáticos, balança antropométrica e cadeira de aferição de pressão arterial.

O Cantinho Cuidando de Todos venceu o Brasil Design Award 2020, na categoria Design de Serviço.

“Com ele [Cantinho Cuidando de todos], o conceito de autocuidado é reforçado porque os usuários podem medir a pressão de forma autônoma, caso se sintam confortáveis para isso. Além disso, ele é um ponto focal para que as equipes se engajem em ações para rastrear outros fatores de risco”.

Germano Guimarães, do instituto Tellus

O cofundador e diretor presidente do Instituto Tellus, Germano Guimarães, explica que um dos fatores do sucesso da iniciativa é a inovação na concepção das soluções. “Há um processo realizado antes delas chegarem na ponta. Nós usamos a metodologia de Design Thinking que gera soluções inovadoras para serviços públicos com base em um modelo mental de inovação, colocando o ser humano no foco das atenções, por meio de um processo colaborativo e transdisciplinar. A abordagem possui três pilares: foco no usuário, cocriação e experimentação.”

Próximo ciclo

Utilizar a tecnologia e inteligência artificial para apoiar as pessoas a cuidarem da saúde é uma tendência mundial neste campo e para a continuidade da iniciativa Cuidando de Todos este será um ponto chave de inovação. 

“Neste momento é difícil não citar os desafios que  vieram com a Covid-19. A pandemia gerou mais consciência sobre as DCNT, sua prevenção e cuidado. Tornou-se imperativo identificar pessoas com fatores de risco para essas doenças em um contexto de isolamento social. Esse contexto da pandemia, inclusive, influencia a fase a que nos dedicamos em 2021, que é uma etapa relacionada à tecnologia, pensando em manter os atendimentos em saúde para pessoas com DCNT por meio de chatbot, que é um telemonitoramento à distância por meio do WhatsApp.” finaliza Germano Guimarães. 

Por fim, convidamos você a conhecer mais do Cuidando de Todos, visitando o site da iniciativa ou no vídeo abaixo: